Festa da Flor – Ilha da Madeira

De 1 a 7 de Maio – Festa da Flor

Com a chegada da Primavera, a cidade do Funchal transforma-se num inebriante palco floral cheio de encantos. Este evento mágico tem início na manhã de sábado com o Cortejo Infantil, no qual centenas de crianças, vestidas a preceito, desfilam até à Praça do Município para ali compor um belíssimo mural de flores simbolicamente denominado por “Muro da Esperança”.  Na tarde de domingo, as ruas da baixa funchalense voltam a invadir-se de música, de cor e de suaves perfumes com o sumptuoso desfile de carros alegóricos, que harmoniosamente conjugam múltiplas espécies florais com decorações cheias de criatividade. Paralelamente a estes acontecimentos decorre um conjunto de atividades lúdicas e recreativas repletas de charme e de simbolismo, tais como a elaboração de delicados tapetes florais nas placas centrais, concertos musicais, atuações de grupos folclóricos regionais, decoração de montras e a Exposição da Flor no Largo da Restauração.

Festa da Flor 2014

Programa

Festa da Flor da Madeira

Madeira, “A Ilha das Flores” foi a designação pela qual foi conhecida no exterior, durante muitos anos, esta ilha e que, devido à sua localização, era um importante porto de escala das rotas entre a Europa e os continentes africano e americano. Logo à chegada, os turistas eram surpreendidos pelas floristas que vendiam flores nas ruas do Funchal e conheciam depois a profusão das flores existentes nos jardins de cada casa, que perfumavam o ambiente e davam a conhecer a grande ligação quotidiana que os madeirenses tinham com as flores. A Festa da Flor, uma das maiores festas celebradas na Madeira, é uma homenagem a esta relação especial dos madeirenses com a flor e à Primavera, e pretende, pela abundância das flores que pintam, perfumam e inebriam o meio envolvente, levar o bom nome deste destino turístico além-fronteiras. Esta homenagem, decorrerá, este ano, no mês de Maio, tão oportunamente designado como mês das flores. O Turismo da Madeira como entidade promotora da Festa da Flor, pretende maravilhar turistas e residentes imprimindo ao evento um carácter genuíno e inovador e fazendo com que estes festejos se prolonguem por muito mais tempo. Ao longo da placa central da Avenida Arriaga, desfilarão jovens vestidas de flor, serão construídos os célebres tapetes florais e poder-se-á ainda admirar as charolas de flores que embelezarão todo o recinto.Na Praça da Restauração terá lugar a tradicional exposição da flor e o habitual Mercado das Flores, empresta à baixa citadina um clima ímpar envolto de aromas/perfumes de elementos da Natureza com animação diversa, que culminará com a construção do Muro da Esperança pelas crianças da Madeira e com o grande cortejo alegórico da flor. Venha daí, aproveite as condições climatéricas favoráveis e conheça as flores do mundo a partir deste mundo de flores.

Mercado, Exposição e Tapetes de Flores
Exposição e Mercado das Flores

O mercado das flores, iniciativa integrada no evento a partir de 2007, permite dar a conhecer ao público as inúmeras espécies florais e decorativas e a sua aquisição quer pelos visitantes, quer pela população local, num ambiente pitoresco e tradicional onde as vendedoras, as “floristas da Madeira”, se apresentam trajadas com os fatos regionais.
A Exposição da Flor que ocorre bem no centro da cidade do Funchal, no Largo da Restauração, localizado nas traseiras do emblemático Palácio de São Lourenço, é a continuação da exposição que se realizava no Ateneu Comercial do Funchal, que se iniciou nos anos cinquenta do século passado. Aí, como antigamente, podem ser apreciados e avaliados os mais belos exemplares dos mais variados tipos de flores produzidas em toda a Madeira, desenvolvidos com todo o carinho e dedicação pelos seus cultivadores. As flores em exposição são avaliadas nas suas diversas categorias e distinguidas as melhores por um júri especializado.

Tapetes e Decorações Florais

A profusão da flora madeirense e a grande religiosidade da população madeirense contribuiu, em muito, para o estabelecimento desta manifestação artística. A tradição da construção dos tapetes florais prolifera um pouco por toda a ilha e tem o seu expoente máximo na decoração do percurso das procissões religiosas, envolvendo toda a comunidade. Graças à sua incontestável beleza e minúcia, de há uns anos a esta parte, os tapetes de flores passaram a estar patentes nas ruas por ocasião da Festa da Flor constituindo, a par das charolas de flores, um grande contributo para a magnificência das decorações citadinas, cuja construção criteriosa é partilhada e admirada pelos turistas que nos visitam. Estas maravilhosas peças de arte floral ocupam as placas centrais pedonais da Avenida Arriaga.

Festa da Flor 2014

Festa da Flor 2014

Cortejo Alegórico

História

O Cortejo Alegórico da Flor é um dos acontecimentos mais marcantes e dos mais aguardados de todo o certame, quer por turistas, quer por residentes, que se realiza desde 1979. Pauta-se esta iniciativa pela magnificência e sumptuosidade dos carros alegóricos e dos trajes de centenas de figurantes, na maioria crianças, amplamente adornados com inúmeras, variadas e magníficas espécies florais que desfilam ao longo de um itinerário previamente estabelecido, ao som de alegres temas musicais

Tema e grupos

A Festa da Flor deste ano apresenta como tema: “Mãe, um mundo de flores para ti”, cujo cortejo alegórico, composto por diversos grupos, que totalizam cerca de 1200 figurantes, decorrerá pelas 16h00 de domingo, dia 04 de Maio, entre a Avenida Sá Carneiro e a Praça da Autonomia, com os seguintes subtemas:
“30 Anos em Flor” – João Egídio Rodrigues
“A Floresta Mágica” – Sorrisos de Fantasia
“Mãe…Três Letras” – Isabel Borges
“Tapete de flores para todas as mães do mundo” – Escola de Samba Caneca Furada
“Mãe uma Orquídea para ti” – Associação de Animação Geringonça
“Para ti, Mãe…” – Fábrica de Sonhos
“Homenagem à Mãe” – Turma do Funil
“O Sorriso das flores” – Associação Fura Samba
“Madeira, Mãe e Maio” – Associação Desportiva Cultural e Recreativa Bairro da Argentina

Muro da Esperança

Esta iniciativa, que se realiza há mais de três décadas e tem como propósito um apelo à paz no mundo, associa a pureza das crianças à delicadeza das flores, numa cerimónia plena de significado e à qual adere grande número de participantes infantis.
Na manhã de sábado, mais de um milhar de crianças, cada uma empenhando uma flor, desfilam entre a Avenida Arriaga e a Praça do Município com o intuito de depositar uma flor num muro repleto de simbologia, o “Muro da Esperança”.
A cerimónia deste ano decorre no dia 03 de Maio e, como é habitual, culmina com uma largada de pombos, associados ao simbolismo da paz, e com um espetáculo infantil.

História e Tradições

História da Festa da Flor

A origem da Festa da Flor remonta ao ano de 1954, quando se realizou no Ateneu Comercial do Funchal a Festa da Rosa. A constatação de que grande parte dos madeirenses se dedicava ao cultivo das flores levou ao convite para que as expusessem, num evento que concluía com a atribuição de prémios às melhores flores . Esta exposição/concurso, pelo sucesso alcançado, continuou a se repetir sob a denominação de Festa da Flor. No final da década dos anos setenta do século passado (1979), a Direção Regional do Turismo traz para a rua a Festa da Flor, através da inclusão e organização de manifestações como a Cerimónia do Muro da Esperança, o Cortejo Alegórico da flor, concursos florais, de montras e jardins floridos, espetáculos musicais e decorações diversas.

Tradições da Festa da Flor

A Festa da Flor é também um evento cultural no qual se pretende dar a conhecer outros aspetos da cultura madeirense, como a construção dos belos tapetes florais. Paralelamente, através das atuações de grupos folclóricos dá-se a conhecer a música e danças tradicionais madeirenses.

Festa da Flor

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *