Porto do Funchal com 314 escalas ao longo deste ano

Porto Do Funchal

Os Portos da Madeira contam superar, este ano, o número de escalas em relação a 2013. Para este ano, estão previstas 314 escalas, mais 23 do que em 2013, ano em que foram registadas 291 escalas.
A informação foi avançada,  pela presidente da Administração dos Portos da Madeira (APRAM), Alexandra Mendonça, à margem da cerimónia de boas-vindas ao navio “Funchal”, que decorreu a bordo da embarcação.

Porto do FunchalPorto do Funchal

 

«Este ano será um ano de recuperação, teremos mais escalas e estamos a fazer promoção para isso», apontou. «Já estão programadas mais escalas do que 2013».
Instada sobre a possibilidade de serem ultrapassados os 500 mil passageiros no final deste ano, advertiu, tendo presente o ano de 2012, que «foi um ano excepcional, foi um ano recorde» tendo reiterado que este «será em crescendo, estamos a trabalhar nesse sentido».

 

Porto do Funchal
Um dos navios que estará na Madeira várias vezes, este ano, e que vai contribuir para a estatística da APRAM é o navio “Funchal”. Alexandra Mendonça disse, a propósito, que «é sem dúvida um privilégio para a Madeira e para os Portos da Madeira ter um navio “Funchal” na cidade do Funchal»  tendo sublinhado que sendo este «um paquete com referência, é para nós uma honra ter um navio “Funchal” hoje (ontem) e nesta passagem de ano 2013/14».
O emblemático navio “Funchal” chegou à capital madeirense no dia 31 de Dezembro, para assistir aos grande espectáculo de fim-de-ano. A saída da Madeira estava prevista para o final da noite desta quarta-feira rumo a Marrocos com a promessa de regressar mais vezes à Região ao longo deste ano.

 

Porto do Funchal
A próxima escala acontece no Carnaval, ao qual é dado destaque na revista da Portuscale Cruises. Em Agosto e Setembro é certo que também estará entre nós. Outras escalas se seguem. A garantia foi deixada por Rui Alegre, presidente desta companhia de cruzeiros que detém a embarcação.
O navio “Funchal” foi adquirido em Fevereiro de 2013 pelo investidor português, juntamente com mais três navios. Depois de sofrer profundas remodelações voltou a poder navegar em Agosto do ano passado. O investimento ascendeu a 15 milhões de euros. Rui Alegre explicou as razões porque o fez.

 

Porto do Funchal
«Primeiro, acredito no mundo dos cruzeiro, no mundo do turismo flutuante. O “Funchal” tem uma coisa que é dos poucos navios clássicos ainda em navegação e eu acredito no mundo do turismo que são os nichos de mercado», apontou.
«Terceiro, o paquete “Funchal” foi um navio pensado por portugueses, projectado por portugueses por um senhor que ainda está vivo e é detido por portugueses, explorado por portugueses», referiu.
O presidente da Portuscale Cruises considera que «tem espaço para ele no mundo crescente que é dos cruzeiros» porque «vai-se destinar a um nicho de mercado para quem privilegia a navegação, a prestação de um serviço hoteleiro com diferenciação, com familiaridade e sentir como se estivesse em casa».
Este navio é um marco da História de Portugal. Iniciou a sua carreira como paquete presidencial para visitas transatlânticas, antes da sua conversão para navio de cruzeiro. Tem capacidade para 580 passageiros. A tripulação é maioritariamente portuguesa.

 

Porto Do Funchal

A Portuscale Cruises iniciou a sua actividade em 2013 com a aquisição deste e mais três navios clássicos, “Porto, “Lisboa” e “Azores”, através dos quais pretende apostar nos cruzeiros com personalidade.

Texto: Jornal da Madeira / Élia Freitas

Porto Do Funchal