Destino Madeira cresce quase 4% de janeiro a setembro

Destino Madeira

Destino Madeira

As dormidas nas diversas unidades hoteleiras do destino entre  janeiro e setembro de 2014  cresceram 3,9%.   Em termos absolutos, foram registadas na RAM cerca de 623 milhares de dormidas naquele mês (11,8% do total das dormidas ocorridas no território nacional). Desagregando por tipo de estabelecimento, observa-se que as variações homólogas foram pouco significativas, destacando-se pela positiva os hotéis-apartamentos (mais 2400 dormidas aproximadamente) e pela negativa as pensões (menos 1500 dormidas aproximadamente).

A estada média neste período foi de 5 noites
Por sua vez, a taxa de (cama) em setembro de atingiu os 71,5% e os proveitos totais ultrapassaram os 29,8 milhões de euros, tendo crescido 5,0% em relação a setembro de 2013. Nos primeiros nove meses de 2014, esta variável registou um incremento de 8,2% comparativamente ao período homólogo.

Mercado britânico continua a ser o maior 
Nos principais mercados emissores, as variações estimadas para os mercados britânico e alemão foram de +11,5% e +3,6% respetivamente, enquanto as dormidas de residentes em Portugal apresentaram uma redução de 6,5%.

Destino Madeira Cresce